Santo Atanásio contra os pagãos


"Assim, olhando o céu, e vendo sua ordem, sua beleza e a luz dos astros, é possível formar uma idéia do Logos que é o autor desta ordem; igualmente, quando se pensa no Logos de Deus, é necessário pensar também em Deus seu Pai: procedente dele, o Logos é com razão chamado intérprete e mensageiro do Pai; e isto também pode-se vê-lo segundo o que sucede em nós. Efetivamente, quando o homem produz o seu verbo, concebemos que a fonte deste verbo é o espírito; e, portanto, nossa atenção a este verto, nosso raciocínio vê o espírito do qual é sinal. Com mais forte razão, e por uma consideração que a supera incomparavelmente, vendo o poder do Verbo, concebemos uma idéia do seu bom Pai, como disse o próprio Salvador: 'Quem me vê, vê também o Pai'(Jo 14,9)". Santo Atanásio, Contra os pagãos, n. 45

1 comentários:

Andrea disse...

"vendo o poder do Verbo, concebemos uma idéia do seu bom Pai", que lindo isso!

Abraço, Rodrigo!