Pondé na escuridão

Segue um trecho de texto de Pondé hoje na Folha de S. Paulo:

Na escuridão

SOU PROFESSOR , entro em sala todos os dias. Minha impressão básica é que o que falta muitas vezes na sala de aula é falarmos "a verdade". Apesar de ser um cético em quase tudo, acredito que há uma milagrosa relação entre o ser humano e "a verdade" quando ele percebe que ela é dita sem medo.
Uma grande traição feita aos mais jovens é atolá-los em "teorias a serviço da emancipação". Eu não quero emancipar ninguém porque para isso teria que mentir. Mentimos para sobreviver, isso é normal e civilizado, mas na sala de aula é uma traição.
Calma, caro leitor! Sei que "cada um é cada um". Uma afirmação forte como essa, "a verdade", pode me custar muitos amigos. Nunca mais jantares inteligentes. Hoje em dia você aprende no jardim da infância que "tudo é relativo", "a verdade" não existe, e todos os males do mundo são fruto do patriarcalismo e da Igreja Católica. Caricaturas ridículas da história são feitas a serviço da "liberdade"! Palavra já banal, quase idiota.
Existem também as palavras de ordem que devem ser ditas em meio às taças de vinho. Vejamos algumas delas: sou a favor do aborto, do casamento gay, da comercialização de fetos abortados (não! Essa ainda não é comum...) e não existe pecado. Qualquer coisa diferente, e de novo a ameaça: não te convido mais para jantar em casa. Não vou entrar no teor em si desses clichês e, falando sério, acho que há muito sofrimento verdadeiro nesses dramas humanos. Uma boa dose de auto-estima se faz necessária para não cairmos de joelhos diante desta "nova repressão". Toda fórmula para chegar à auto-estima é falsa, por isso resta-nos o sorriso da sorte ou da morte.
Quando falo "a verdade", me refiro a coisas mais simples do que debates filosóficos intermináveis sobre a natureza da verdade absoluta ou a existência de Deus. Refiro-me à luta cotidiana com nossa caótica condição humana e ainda termos que manter o bom humor e pagarmos as contas.
Refiro-me àquilo que gente como Ítalo Calvino chama de "dramas clássicos". O problema é que para ensinar isso, antes de tudo precisamos conhecer "isso" (coisa que vai ficando rara em meio ao blábláblá do relativismo cultural e da democracia no ensino). E pior, não podemos ter medo. Um dos dramas humilhantes do "otimismo moderno" é que para ser otimista temos que ser idiotas e negarmos os impasses assustadores da vida.
Explico-me: acho que os mais jovens agüentam ouvir "a verdade" mais do que professores de meia-idade. Esses professores já perceberam que a vida não é a bobagem das utopias de Maio de 68, tipo "sexo livre e é proibido proibir", mas se calam diante dessa dolorosa consciência...

2 comentários:

osátiro disse...

Rezemos pelos Católicos da Índia perseguidos e assassinados:

http://www.zenit.org/article-19338?l=portuguese

osátiro disse...

Na Arábia Saudita há 800 mil católicos, imigrantes explorados, mas as igrejas são proibidas e até em casa é perigoso rezar.

Ver em:
http://contraacorrente1.blogspot.com/2008/08/perseguio-aos-cristos.html

E também notícias de:
“ZENIT o Mundo Visto de Roma”:

“Arábia Saudita: presos quatro cristãos enquanto rezavam em uma casa [19-06-2006]

Preocupação por dois cristãos detidos por sua fé em Riad (Arábia Saudita) [22-06-2005]
Nova onda de detenções

Sete cristãos libertados na Arábia Saudita sob renúncia a praticar sua fé (em particular) [09-06-2005]
Foram maltratados durante sua detenção em Riad

Pedido de ajuda internacional para os cristãos presos na Arábia Saudita [08-06-2005]
Um apelo de seus familiares e amigos

Arcebispo de Lahore pede a liberdade de 40 cristãos encarcerados na Arábia Saudita [18-05-2005]
Pede a seu governo que faça pressão

Papa bate à porta dos países que não têm relações com o Vaticano [12-05-2005]
China, Vietnã, Coréia do Norte e Arábia Saudita

João Paulo II nas primeiras páginas dos jornais árabes [10-04-2005]
Segundo constata o representante papal na Península Arábica

Novo bispo vigário apostólico para a Arábia [21-03-2005]
Dom Paul Hinder substitui Dom Giovanni Bernardo Gremoli

Cardeal Medina Estévez, novo Cardeal Protodiácono [25-02-2005]
Tem a missão de anunciar e o nome do novo pontífice

Arábia Saudita: Polícia religiosa detém um cidadão saudita convertido ao cristianismo [21-12-2004]

Perigo de cárcere para os não-muçulmanos na Arábia Saudita [07-12-2004]
Inexistente reciprocidade de liberdade religiosa com outros países, denuncia o padre Cervellera

Um cristão nos cárceres sauditas por «evangelizar» [26-11-2004]
Após sua libertação, Brian Savio O´Connor compartilha seu testemunho

Libertado cristão indiano condenado na Arábia Saudita por questões de fé [04-11-2004]
Brian Savio O´Connor já se encontra em Bombaim

Apelo pela liberdade do católico indiano condenado na Arábia Saudita [29-10-2004]
10 meses de prisão e 300 chibatadas para Brian Sávio O´Connor

Católico indiano torturado por causa de sua fé pela polícia da Arábia Saudita [02-06-2004]
Acusações contra ele poderão comportar a pena de morte.