Bento XVI no Muro das Lamentações

Mensagem do bilhete deixado por Bento XVI no Muro das Lamentações:

"Deus de todos os tempos, na minha visita a Jerusalém, a 'Cidade da Paz', morada espiritual para judeus, cristãos e muçulmanos, trago diante de Ti as alegrias, as esperanças e as aspirações, angústias, os sofrimentos e as dores de todo o Teu povo espalhado pelo mundo. Deus de Abraão, Isaac e Jacó, escuta o clamor dos aflitos, dos amedrontados, dos desesperados; manda a Tua paz sobre esta Terra Santa, sobre o Oriente Médio, sobre toda a família humana; desperta o coração de todos aqueles que chamam o Teu nome para que queiram caminhar humildemente no caminho da justiça e da piedade. 'O Senhor é bom para quem nele confia, para aquele que o busca' (Lm 3, 25)".

3 comentários:

Andrea Patrícia disse...

Amém!

E você viu que alguns judeus e muçulmanos reclamaram? Eles nunca ficam satisfeitos!

Abraço!

Anônimo disse...

Na oração modelo, a oração do pai nosso diz: santificado seja o teu nome, o nome do Deus de Abraão, Isac e Jacó, é Jeová. Porque o papa não usou o nome de Deus? Senhor não é nome é título de respeito e/ou referência.
Muitos ainda o veneram.

Bjssss

Rodrigo disse...

Pensei, pensei e não entendi o 'Anônimo'...