Silêncio

Ultimamente, além de tanto trabalho a fazer, ando preferindo dialogar com o silêncio, e nele descansar. Ando repensando a necessidade de um blog. Nesse mundo onde se vive uma inflação da opinião, onde todos pensam que podem opinar sobre tudo, por ora, escolho o silêncio. Ando em profundo debate comigo mesmo e com Deus. Duas questões levam-me a isso: onde está a humildade?; qual o meu grau de autonomia frente a Deus?
Bem, por que, desse modo, devo me fazer ouvidos o tempo todo? O que tenho de tão importante a dizer? Acho que o momento é um momento de silêncio na "noite escura", na qual só um pode alcançar meu coração: Deus e sua misericórdia. Assim, Ele me basta...Agora, escolho o silêncio, pois só nele Deus pode me mostrar qual o meu lugar.

2 comentários:

R. B. Canônico disse...

Caro Rodrigo,

Quanto a mim, gosto muito de ler o que você escreve, e acredito que contribui - e muitp - para a edificação de muitas pessoas! Gostaria que você revesse sua atitude - afinal, temos condições suficientes para sermos contemplativos no meio do mundo, em uma vida ativa!

Se quiser, posso desenvolver essa idéia para vc!@

Grande abraço!

Andrea disse...

Ah, já passei por isso com força e de vez em quando esse sentimento vem à tona aos pouquinhos. Me afasto um pouco e depois volto.

Mas eu gosto do que leio aqui. É um blog sério, com assuntos interessantes.

Abraço!