Paulo VI e a hermenêutica contínua


Alguns dizem que Bento XVI é aquele papa que nega os aspectos "reformistas" do concílio. Vejam abaixo o que nos diz Paulo VI em uma conferência pronunciada em 12 de janeiro de 1966, nem um mês da conclusão do Vaticano II.


"Mas, atenção! Os ensinamentos do Concílio não constituem um sistema orgânico e completo da doutrina católica. Esta, como todos sabem, é muito mais ampla, e não é posta em questão pelo Concílio, nem substancialmente modificada. Muito antes, confirma-a o Concílio, pôe-na em luz, defende-a e desenvolve-a, constitui uma apologia dela particularmente autorizada, transbordante de sabedoria, de vigor e de confiança. E este aspecto doutrinal do Concílio é que devemos em primeiro lugar salientar para honra da Palavra de Deus, que permanece sem equívoco e para todo o sempre, qual luz que não se apaga, e para conforto de nossas almas, que, pela voz clara e solene do Concílio, sentem o papel providencial que Cristo confiou ao magistério vivo da Igreja, em mira a preservar, a defender e a interpretar o ‘depósito da fé’. Não devemos dissociar os ensinamentos do Concílio do patrimônio doutrinal da Igreja, senão, antes, ver como eles se inserem neste, como são coerentes com ele, e como o seu contributo constitui, para esse patrimônio, ao mesmo tempo um testemunho, um desenvolvimento, uma explicação, uma aplicação. Então, até mesmo as ‘novidades’ doutrinárias ou normativas do Concílio aparecem em suas justas proporções, já não suscitam objeções concernentes à fidelidade da Igreja à sua função de ensinar, e adquirem esse verdadeiro significado que a faz resplandecer de uma luz superior. Não estaria, pois, na verdade os que pensasse, que o Concílio representa, em relação ao ensino tradicional da Igreja, uma separação, uma ruptura ou mesmo no dizer de alguns, uma liberação, ou que o Concílio autoriza e promove um conformismo de facilidade com a mentalidade de nosso tempo [...]”.


1 comentários:

Andrea disse...

Olá! Indiquei seu blog para o prêmio "Blog de Ouro".

Para participar, entre: http://borboletasaoluar.blogspot.com/