Notícias do inferno


Fitafuso, o diabo-instrutor, vamos assim dizer, do ótimo texto Cartas de um diabo a seu aprendiz (Martins Fontes), de C. S. Lewis profere uma interessante assertiva sobre a realidade do sagrado e seus "tentadores".

"A fina flor da profanação só pode crescer se for plantada perto do Sagrado. Em nenhum lugar a nossa tentação é tão bem sucedida quanto nos próprios pés do altar"


Qualquer situação atual que remeta à essa frase é mera coincidência...

1 comentários:

Andrea disse...

Realmente, meu caro! E que situação a nossa hoje, hein?

Eu tenho que ler este livro de novo...