L'Osservatore fala sobre o preservativo

Mais um capítulo desenrola-se na em torno do grande falatório sobre as posições de Bento XVI e os preservativos. O L'Osservatore Romano admite publicamente a eficácia profilática da camisinha. É o que diz o Le Figaro. Em matéria de 22 de março passado, o jornal reconheceu em matéria de capa que o preservativo é eficaz em 97 % em melhores condições de uso e 87 % em condições comuns, como na África. Cita o caso da Uganda, país que conseguiu reduzir consideravelmente o nível das infecções com seu programa "ABC", abstinência, fidelidade (be faithful) e preservativo (condom). "L'Ouganda est ainsi «l'unique pays d'Afrique qui a obtenu de bons résultats» dans cette lutte contre le sida : 'La fréquence d'infection dans la population est descendue de 15 % en 1991 à 5 % en 2001.'"
E em Paris, enquanto isso, o papa vira camisinha. Imagine se fosse Maomé estampado... O mundo viria abaixo!

1 comentários:

Julie Maria disse...

O mundo também deveria vir abaixo com isso que fizeram, mas os filhos das trevas sao mais audazes que os filhos da Luz,

que pena.

JM